MULHER E SAÚDE_CSI-02
Cartão do Empresário Banner
PESQUISA-MERCADO
BANNER_agenda
Banner_Pres
previous arrow
next arrow

Natal Iluminado de Sergipe encanta público e movimenta economia

WhatsApp
LinkedIn
Telegram
Facebook
Twitter
Durante os 54 dias de evento, as praças do Natal Iluminado receberam 3 milhões de visitantes.

O Natal Iluminado de Sergipe, considerado o maior evento natalino das Américas, terminou no último sábado (6), após 54 dias de programação cultural e artística nas praças de Aracaju e outras 14 cidades do interior do estado. O evento, realizado pelo Sistema Fecomércio-CNC-Sesc-Senac, em parceria com o Governo de Sergipe e a Prefeitura de Aracaju, contou com o patrocínio da Construtora Celi, Energisa e Maratá.

O encerramento do Natal Iluminado foi marcado por shows musicais, desfiles, atores circenses e a parada “Um sonho de Natal”, que reuniu milhares de pessoas nas praças Fausto Cardoso, Almirante Barroso e Olímpio Campos, no Centro da capital, além da apoteótica apresentação da parada na Orla de Aracaju, que levou mais de 150 mil pessoas a acompanharem o desfile à beira-mar.

O presidente do Sistema Fecomércio-CNC-Sesc-Senac, Marcos Andrade, fez um balanço positivo do evento, que superou as expectativas de público e de impacto econômico. Segundo ele, mais de 3 milhões de pessoas visitaram as cidades iluminadas, sendo 900 mil somente em Aracaju. Além disso, o Natal Iluminado gerou cerca de 2 mil empregos diretos e indiretos, e movimentou mais de R$ 100 milhões no comércio, na gastronomia e na hotelaria.

O presidente do Sistema Fecomércio-CNC-Sesc-Senac, Marcos Andrade, destacou que o projeto estimula o comércio e o turismo e traz inclusão social. Foto: James Santos

“O Natal Iluminado é um presente que o Sistema Fecomércio-CNC-Sesc-Senac oferece ao povo sergipano, mas também é uma forma de incentivar o comércio, o turismo, a cultura e o desenvolvimento do nosso estado. Estamos muito felizes com o resultado deste ano, que foi o maior e o mais bonito de todos. Agradecemos a todos os parceiros, patrocinadores, artistas e colaboradores que tornaram esse sonho possível. Fizemos o maior circuito de Natal do mundo, com todas as regiões do estado participando”, disse Marcos Andrade.

Para o governador de Sergipe, Fábio Mitidieri, o Natal Iluminado foi um sucesso de público e de organização, e demonstrou a força da parceria entre o poder público e a iniciativa privada.

“O Natal Iluminado é um exemplo de como podemos trabalhar juntos para oferecer mais qualidade de vida, lazer e cultura para a nossa população. Parabenizo o Sistema Fecomércio-CNC-Sesc-Senac pela realização deste evento, que já faz parte do calendário oficial de Sergipe e que atrai turistas de todo o Brasil”, afirmou.

O senador e ex-presidente do Sistema Fecomércio-CNC-Sesc-Senac, Laércio Oliveira, exaltou a grandiosidade desta edição de 2023-2024. Foto: Ascom Laércio Oliveira.

O senador Laércio Oliveira, criador do projeto Natal Iluminado, destacou a importância do evento para a valorização do estado.

“O Natal Iluminado é uma festa linda, que resgata o espírito natalino e que enche de luz e de alegria o nosso Centro. O projeto ganhou corpo, invadiu as cidades do interior sergipano, fazendo uma festa linda e importante para a nossa história e para a nossa identidade”, declarou.

Os projetos natalinos também exerceram impacto significativo no setor hoteleiro, gerando um resultado positivo para a economia de Sergipe. 

Empresário que atua no setor hoteleiro, Manoel Lisboa. Foto: Livyan Holanda

“Posso resumir como uma grande surpresa, já que dezembro nunca foi um mês de alta estação em Aracaju, só no período de Réveillon. Em 2023, nós tivemos um dezembro realmente muito bom, as pessoas nos procuraram não só para o Ano Novo, mas também durante o período do Natal, onde os hotéis estavam lotados, com 90% da sua capacidade atingida e aqui estamos acostumados a trabalhar com 40% ou 50%, portanto 80% ou 90% significa estar lotado. Nós realmente tivemos um dezembro excelente, principalmente na semana de Natal”, afirmou o empresário do ramo de hotéis, Manoel Lisboa.

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL), o Natal Iluminado é um programa que atrai diversos turistas para o município, além de estimular o comércio e o turismo da cidade.

Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL), Elison Bomfim. Foto: Livyan Holanda

“O Natal Iluminado fez com que o comércio e o setor turístico da cidade se desenvolvessem, porque trouxe várias pessoas de diversos estados, inclusive de fora do país, e isso é muito importante. É importante que esses eventos não parem agora e que outras edições sejam realizadas, pois com certeza Aracaju, Sergipe, vai entrar no calendário nacional”, destacou Elison Bomfim.

Para o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurante de Sergipe (Abrasel), Bruno Dórea, nunca houve um movimento tão intenso em Aracaju durante o mês de dezembro como foi em 2023.

Presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Sergipe (Abrasel), Bruno Dórea. Foto: Livyan Holanda

“O Natal Iluminado que vem desde 2017, surpreendeu a todos, não só no interior, mas também a Orla, onde teve um impacto significativo no setor de bares e restaurantes. Nos 15 anos em que sou empresário no setor, não se viu a Orla tão cheia, não só de demanda nos bares e restaurantes que estavam no Natal Iluminado, mas de todos que estavam no decorrer da Orla. Isso impacta diretamente a economia, porque há muita gente trabalhando no próprio Natal, muita gente gerando comércio no local, e os próprios comerciantes geram economia como um todo, com muito emprego extra que foi feito”, declarou Bruno Dórea. 

O Natal Iluminado de Sergipe foi iniciado no dia 14 de novembro, com o acendimento das luzes nas praças de Aracaju. Ao todo, foram instalados mais de 50 milhões de pontos de luz, que formaram cenários temáticos, árvores gigantes, presépios, anjos, estrelas e outros símbolos natalinos. O evento também levou a magia do Natal para as cidades de Barra dos Coqueiros, Boquim, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão, Laranjeiras, Itabaiana, Lagarto, Itabaianinha, Estância, Tobias Barreto, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora da Glória e Santana do São Francisco.

O Sistema S do Comércio é composto pela Fecomércio, Sesc, Senac, Instituto Fecomércio e 13 sindicatos patronais em Sergipe. Presidida por Marcos Andrade, a entidade é filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que está sob o comando de José Roberto Tadros.

Pular para o conteúdo