79% dos empresários do comércio farão mais contratações

O Sistema Fecomércio/Sesc/Senac de Sergipe, por meio de sua Divisão Econômica, analisou os dados da Pesquisa de Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC), realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), e concluiu que o ambiente de negócios para os empresários do comércio de bens, serviços e turismo está, na opinião dos empreendedores, favorável. Há sete meses que o indicador ultrapassou a barreira dos 120 pontos, mantendo a variação de ânimo ainda mais alta que em 2021. A análise do mês de julho foi fechada com 125,3 pontos. Diante do mesmo mês do ano passado, a variação apresentou crescimento de +18%.

Segundo os empresários, o momento para negócios no setor terciário está melhor, com uma grande elevação no indicador de condições atuais do empresário. O ICAEC registrou crescimento de 42,5% diante de julho de 2021, atingindo 102,5 pontos. Este indicador aborda a questão das condições operacionais do negócio, do ambiente econômico e das empresas comerciais. O que corrobora com os dados divulgados anteriormente pela Fecomércio no que diz respeito à melhoria do cenário econômico local. O presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Marcos Andrade, afirmou que os números da pesquisa são animadores, principalmente na expectativa de contratação de novos colaboradores para as empresas.

Marcos Andrade, presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, explica ao presidente da FCDL, Edivaldo Cunha, os resultados da pesquisa ICEC, em companhia do superintendente do sistema, Maurício Gonçalves, e do diretor Gildo Antônio. Imagem: Marcio Rocha

“Os empresários do comércio de bens, serviços e turismo de Sergipe estão mais animados com as condições atuais da economia e de funcionamento dos seus negócios. Isso é contagiante, porque faz com que as empresas se movimentem mais, de acordo com seus próprios resultados aferidos ao longo do ano. E isso se reflete diretamente na elevação de oferta de postos de trabalho nas empresas do setor. Com a economia mais forte, surgem mais empregos para os sergipanos e as empresas do comércio, turismo e principalmente as do setor de serviços, são as que mais geram empregos com carteira assinada no estado”, destacou Marcos Andrade.

Entre os empresários que participaram da pesquisa, 79,3% afirmaram que desejam aumentar seu quadro funcional nos próximos meses. Os comerciantes de bens duráveis são os que mais apresentam esse indicativo. Entretanto, a intenção de contratação também é alta entre as empresas que comercializam bens semiduráveis e não-duráveis. A respeito da economia brasileira, 86,7% acreditam que o quadro econômico irá melhorar ainda mais. Já 91,4% acreditam que a atividade comercial irá ser impactada positivamente nos próximos meses, crendo na melhoria das condições do exercício da atividade empresarial no comércio.

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe

Endereço: Edf. José Raimundo dos Santos - Rua Dom José Thomaz, 235 - 4º Andar - São José, Aracaju - SE, 49015-090

Fecomércio | Sesc | Senac
CNPJ: 13.040.811/0001-68
Política de Privacidade
Copyright © 2021. Todos os Direitos Reservados