Seac-SE participa do Eneac para aprimorar conhecimentos sobre o setor

image_pdfimage_print

Em tempos de crise, o ideal para as entidades representativas de classe é trabalhar pelo desenvolvimento do setor e de suas empresas. Com o Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado de Sergipe (Seac-SE) não é diferente. O aprimoramento das competências empresariais e corporativas tem sido um dos pilares da administração do presidente Fábio Andrade, em seu trabalho à frente da agremiação patronal. Com vistas no enfrentamento da crise econômica e na melhoria da atividade do setor em Sergipe, o Seac enviou seus representantes para o Encontro Nacional de Empresas de Asseio e Conservação, Eneac 2018, que aconteceu na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná.

O evento aconteceu entre 16 e 20 de maio e contou com a participação de mais de 700 empresas do ramo de asseio e conservação de todo o Brasil. Lá no Eneac, os empresários sergipanos puderam ampliar seus conhecimentos sobre as atividades relacionadas ao setor em todo o Brasil, além de conhecer novas tecnologias e procedimentos a serem aplicados nas empresas que trabalham com o foco na limpeza de ambientes. A comissão de dez representantes do estado de Sergipe, liderados pelo presidente do Sindicato, Fábio Andrade, teve a oportunidade de ampliar seu networking com fornecedores e outras empresas, buscando a troca de conhecimentos e a chance de visualizar novas oportunidades de negócios. O presidente comentou a participação dos representantes de Sergipe no maior evento do setor no Brasil.

“Aprimoramento é sempre bom. Ampliar nossos conhecimentos empresariais é fundamental para que possamos ter nossos empreendimentos com atuação mais eficaz, principalmente nesses momentos em que enfrentamos uma crise que afetou o setor de serviços. O Eneac é um instrumento importante para que possamos melhorar nossas competências profissionais. E um evento como esse, para nós tem muita valia, pois faz com que nos tornemos empresários mais capacitados para trabalhar num ambiente mais competitivo para os negócios. Para os empresários sergipanos, isso é muito bom e importante”, disse Fábio Andrade.

As empresas sergipanas que estão na atividade há mais de 10 anos receberam o Prêmio Mérito em Serviços. A exemplo da MULTSERV, BTS, ROMALE, RAMAC, EMPACE, WN representada pelos seus diretores. Na programação de aprimoramento empresarial aconteceram palestras com nomes destacados no cenário nacional, a exemplo da jornalista Míriam Leitão, do Historiador Leandro Karnal e da desembargadora federal Vólia Bomfim.

Realizado pela FEBRAC, entidade que representa um setor que propicia melhores condições de emprego formal a mais de 1,6 milhão de trabalhadores em todo o Brasil, promovendo cidadania para centenas de famílias envolvidas indiretamente na atividade, todo esse grupo é mobilizado para o atendimento de contratos firmados nos setores terceirizáveis, o ENEAC torna-se palco de debates técnicos de interesse da atividade ligada à FEBRAC, e do intercâmbio de informações e pesquisa que visam à preservação da ética profissional, do zelo da imagem e do nome da classe.

image_pdfimage_print