3ª Edição Curta Senac Pleno

A apresentação dos curtas-metragens emocionou alunos, instrutores e convidados. Uma produção dos alunos dos Cursos Técnicos de Rádio e TV, Marketing, Secretariado, Eventos e Aprendizagem Comercial em Serviços Administrativos.

A produção cinematográfica está em pleno vapor no Sistema Fecomércio/Senac Sergipe. A empolgação tomou conta dos diversos alunos dos Cursos Técnicos e do Programa de Aprendizagem que aceitaram o desafio em participar da 3ª edição da Oficina Curta Senac Pleno, cujo tema 8 Pecados Capitais traz uma reflexão sobre os 7 Pecados Capitais que foram definidos pela Igreja Católica, no final do século VI, durante o papado de Gregório Magno, em uma linguagem da contemporaneidade, acrescido do oitavo  pecado idealizado pelos alunos com o intuito de expor a desvalorização humana nos dias atuais, principalmente o quesito aborto.

Os oito curtas-metragens (Gula, Avareza, Luxúria, Ira, Inveja, Preguiça, Vaidade e Desvalorização Humana) foram apresentados aos alunos, familiares e convidados que assistiram a uma sessão de cinema com direito à pipoca, nessa segunda-feira (14/12), no auditório do Senac.

Os curtas foram desenvolvidos ao longo do ano, envolvendo cerca de 70 alunos que aprenderam as diversas etapas de uma produção orientada pelo líder de processo Fábio Jaciuk: transformação da ideia inicial em roteiro; planejamento logístico; estética do filme; divisão de funções; elaboração de cronograma; direção; arte; som e a pós-produção.

Antes da exibição dos curtas-metragens, o público assistiu ao documentário produzido por Fábio Jaciuk e alunos em que mostrou o processo de criação dos filmes e depoimentos dos participantes. No documentário, o presidente do Sistema Fecomércio/Senac, Laércio Oliveira, falou da importância do projeto. “Através dessa Plataforma de Engajamento vai ser possível o aluno avançar além da sala de aula para um trabalho em convivência com novas experiências em grupo através do seu trabalho, dedicação e esforço. A razão do Senac é proporcionar dias melhores através de uma competência que ele adquire na convivência com todos, em sala de aula, na amizade, no relacionamento e na dedicação”.

Durante a sessão os alunos ficaram deslumbrados com o resultado do trabalho realizado. Entre uma sessão e outra, os depoimentos dos participantes foram de aprendizado e muita emoção.

Para o aluno Rafael Oliveira do Curso Técnico em Marketing, essa experiência foi diferente. “Participar desse Curta-Metragem foi muito bom, pois agregou diversos valores a minha vida profissional. Cada tema trabalhado serviu de reflexão para todos os participantes.”

O diretor regional do Senac, Paulo do Eirado Dias Filho parabenizou toda equipe e falou da importância do trabalho para vida dos alunos. “A realização desses  curtas para o Senac é a comprovação que nós vamos além do contrato, além do currículo. O Senac procura fazer da passagem do aluno na instituição uma vivência inovadora  e que tem mostrado resultados bastante satisfatórios. Estamos muito felizes em ver o envolvimento dos nossos alunos  através de trabalhos artísticos e em equipe.  Isso nos deixa realizado na educação profissional.”

O vice-presidente do Sistema Fecomércio/Senac, Hugo França falou da dedicação e importância do trabalho. “Esse trabalho é muito bonito, tenho certeza de que a partir de hoje, a vida desses alunos será diferente. Os temas tratados levam a uma boa reflexão. Parabéns a toda equipe de colaboradores e instrutores que fazem essa grande instituição.”

No término do evento, os alunos e convidados receberam um DVD com os curtas-metragens. Para assistir à produção dos alunos, basta acessar o canal do youtube: Senac Pleno Oficial.

Fotos : Alex França

3 - IMG_2964 4 - IMG_2911 6 - IMG_2866

2 - IMG_2842




Fecomércio entrega troféu Senac Pleno

Disciplina, determinação, força, espírito de liderança, coragem e vontade de vencer foram as características observadas nos atletas sergipanos homenageados na tarde de ontem (10.08), no Ginásio de Esportes Charles Moritz, com a entrega do Troféu Senac Pleno (2ª edição) às atletas do vôlei  sergipano Carol Almeida, Duda Lisboa e Tainá Bigi, e o Troféu Talento Sesc, ao aluno João Pedro Santos, da Escola Sesc, campeão nacional nas Paralimpíadas Escolares nas modalidades arremesso de peso, lançamento de dardos e pelotas. A homenagem foi feita pelo Sistema Fecomércio Sesc/Senac, representado por seu presidente Laércio Oliveira, pelo Diretor Regional do Senac, Paulo do Eirado, e a Diretora Regional do Sesc, Adely Carneiro.

O evento teve a animação dos alunos do Senac e do Instituto Dom Fernando Gomes, que lotaram as arquibancadas e interagiram com os atletas homenageados em uma rodada de perguntas, sob a condução dos alunos e instrutores do curso técnico em Rádio e TV do Senac.

As respostas mostraram o quanto esses atletas são determinados e focados no trabalho de excelente nível que realizam. Segundo Duda Lisboa, o vôlei de praia a fez realizar renúncias, mas trouxe responsabilidades com a vida: “O esporte me acrescentou tudo, criei responsabilidade, abdiquei da minha família, dos meus amigos, por conta do sonho. O vôlei pra mim é minha vida”.

Já a atleta Carol Almeida destacou os desafios e as alegrias de sua carreira no esporte: “O maior desafio pra mim é conciliar os estudos com os treinos, competições, mas tem que ter um esforço da nossa parte, estudar no avião, conciliaros dois, conhecimento é muito importante pra nós”. E acrescentou: “Uma das experiências mais marcantes de minha vida foi viajar para outros países, como Angola, onde encontrei um povo sofrido, mas que nos recebeu com muito carinho”.

“Nunca pensei em desistir, mais tive frustrações, quando perdi por um ponto em um jogo importante, e  podia estar numa semifinal…chorei muito, mas por causa de um jogo, não posso desistir”,  pontuou a atleta Tainá Bigi.

O campeão nacional nas Paralimpíadas Escolares e aluno da Escola Sesc, João Pedro Santos, apesar de sua timidez para falar, foi enfático ao dizer para as centenas de jovens que ali estavam, interessados em ouvir as narrativas dos campeões sergipanos: “Nunca desistam de seus sonhos”.

Após a rodada de perguntas, a entrega do troféu foi um momento de muita emoção tanto para os atletas, quanto para os alunos, coordenadores, instrutores e convidados. Além dos troféus, o sistema Fecomércio Sesc/Senac  conferiu homenagem aos técnicos Rodrigo Nascimento (técnico de João Pedro), Cida Lisboa (técnica de Duda Lisboa), Sandra Almeida (técnica de Carol Almeida), Mônica Silva (técnica de Tainá Bigi) com a entrega de kits, e às atletas do vôlei de praia, foi entregue bolsas de estudo para o curso de inglês do Senac EaD.

O presidente do Sistema Fecomércio Sesc/Senac, Laércio Oliveira após os cumprimentos realizados às autoridades e ao público presentes, destacou a importância de realizar essa homenagem: “O principal objetivo do sistema em realizar esse evento é reconhecer o talento de sergipanas e sergipanos  que  saem de sua terra  e vão conquistar o mundo.  Aqui passamos a ter conhecimento de todos os desafios enfrentados por esses atletas. A gente precisa reconhecer a sergipanidade. Onde eu estiver levarei a historia de vocês.”

Durante o evento foram sorteados para o público presente, 10 tops da seleção brasileira de vôlei de praia e 5 bolas autografadas pelas atletas Carol Almeida, Duda Lisboa e Tainá Bigi.

O evento contou com a presença do representante da Secretaria de Estado do Turismo e  Esporte,Gilson Dória Leite Filho; do Secretário Municipal da Juventude e do Esporte, Carlos Eloy Filho; da Presidente da Fundação Municipal de Formação para o Trabalho – Fundat, Glaucia Guerra, conselheiros do Sistema Fecomércio, familiares dos atletas, colaboradores e gestores das instituições Sesc, Senac e Fecomércio.




Sistema Fecomércio entrega troféu a atletas Sergipanos

Com o objetivo de homenagear pessoas que se destacam, por suas histórias de vida, em diversos segmentos da sociedade, o sistema Fecomércio criou o troféu Senac Pleno. As narrativas exemplares são fundamentais para incentivar jovens e adultos, a partir de experiências vitoriosas, a acreditarem que podem trilhar caminhos novos.

Nessa perspectiva acontecerá no dia 10 de agosto, no Ginásio Charles Moritz, às 15h, a segunda edição do Troféu Senac Pleno.

A homenagem será para as atletas Carol Almeida, Duda Lisboa e Tainá Bigi da Seleção Brasileira de Vôlei de Praia. Também será conferida homenagem ao aluno João Pedro Santos da Escola Sesc, campeão nacional na Paralímpiada Escolares nas modalidades arremesso de peso, lançamento de dardos e pelotas.

Sobre os homenageados  

Troféu Senac Pleno

 Carol Almeida

Ana Carolina , conhecida como Carol, é uma atleta que começou a se destacar no esporte desde os 8 anos. Desde cedo demonstrou talento para o esporte e sempre foi incentivada pelos seus pais, também atletas. Hoje, Ana já é detentora de vários títulos, inclusive mundiais.

 Competições

 Em 2015 disputara pela Seleção Brasileira o Mundial Sub 17

» 1º lugar Campeonato Mundial Escolar – Luanda-Angola – 2014

» 1º lugar no Campeonato Brasileiro Escolar – Aracaju -2014

3º lugar Campeonato Adulto Baiano – São Francisco do Conde – 2014

» 1º lugar Jogos Escolares da Juventude – João Pessoa -2014

» 1º lugar Campeonato Mundial Estudantil – Manfredônia / Itália – 2013

 Duda Lisboa

Foi seguindo de perto a carreira da mãe ( Cida) que Duda, naturalmente, ingressou no vôlei de praia aos 9 anos de idade. Aos 12 anos, foi inscrita pela mãe para jogar uma etapa do Estadual em Aracaju. Duda terminou em quinto e a mãe, em terceiro. Dois anos se passaram e, em 2013, já se tornava a primeira atleta da história a disputar os três Mundiais de base no mesmo ano, sagrando-se campeã mundial sub-19, ao lado de Tainá, e vice-campeã mundial sub-23, com Thaís. No fim da temporada, ainda estreou no Circuito Mundial, na etapa Open de Durban (AFS). Em 2014, foi convocada pela primeira vez para a seleção adulta e conquistou o bicampeonato mundial Sub-19 jogando com Andressa. É a primeira atleta da história do esporte a vencer o torneio duas vezes. Meses depois, venceu a Olimpíada da Juventude, na China, com a mineira Ana Patrícia.

Competições

1º lugar da etapa Challenger Vitoria-ES julho 2015

1º lugar da etapa sub 21 Uberlandia – MG julho 2015

1º lugar da etapa sub 23 Campo Grande-MS junho 2015

1º lugar da etapa sub 21 Rio de janeiro junho 2015

1º lugar do mundial escolar em Aracaju junho 2015

3° lugar na terceira etapa do mundial em Praga(Republica Theca) 2015

4° lugar no Circuito BB etapa open em Fortalela-CE, janeiro/2015

1º lugar do Sul americano adulto em fevereiro, Lima-Peru 2015

 Tainá Bigi

 Tainá Silva Bigi tem 19 anos, é atleta do vôlei de praia e tem como objetivo ser campeã da seleção brasileira Sub 21 em todas as categorias, ficar entre os seis primeiros colocados do OPEN (adulto), integrar a seleção brasileira SUB 21 e ser campeã mundial SUB 21.

Competições

2º lugar do lugar Nacional Adulto Brasília/ DF

4º lugar do Sul americano Adulto

1º lugar do Nacional Adulto Rio de Janeiro/ RJ

3º lugar do Superpraia B Adulto Maceió/ AL

3º lugar do Sub 21 CBS Maringá/ PR

1º lugar do Sub 23 Campo Grande/ MS

Homenageado

 João Pedro Santos

Uma história de superação e determinação. Desta forma podemos resumir a trajetória esportiva de João Pedro Santos, 15 anos, aluno da Escola Sesc. João, que é cadeirante, foi apresentado ao Para-Atletismo em 2012 e, desde então, acumula inúmeras conquistas, tanto no âmbito local quanto nacional. Ele foi o primeiro cadeirante a representar o estado de Sergipe nas Paralimpíadas Escolares Nacional – principal competição escolar para alunos portadores de necessidades especiais.

Competições Locais:

Campeão na prova dos 100m rasos nos Jogos Escolares Tv Sergipe;

Bicampeão na prova de Arremesso de Peso nos Jogos Escolares Tv Sergipe;

Bicampeão na prova de Lançamento de Pelota nos Jogos Escolares Tv Sergipe;

Tricampeão na prova de Arremesso de Peso nos Jogos da Primavera;

Tricampeão na prova de Lançamento de Pelota nos Jogos da Primavera;

Tricampeão na prova dos 100m rasos nos Jogos da Primavera;

Competições Nacionais:

Bicampeão na prova de Arremesso de Peso nas Paralimpíadas Escolares Nacional;

Bicampeão na prova de Lançamento de Pelota nas Paralimpíadas Escolares Nacional;

Campeão na prova de Lançamento de Dardo nas Paralimpíadas Escolares Nacional;

Por Hipácia Nogueira