Inova + Sergipe recebe adesão da Secretaria de Educação

O Inova + Sergipe, projeto que visa transformar a realidade econômica sergipana de forma superlativa até o ano de 2030, por meio de investimentos no desenvolvimento de empresas de tecnologia e inovação, recebeu a adesão da Secretaria de Estado da Educação (SEED), em reunião realizada na sede da secretaria.
A SEED apresentou resultados de trabalhos desenvolvidos com alunos dos Centros de Formação Profissionalizante, que alcançaram feitos exitosos em inovações que facilitam a atividade do trabalhador rural, fortalecendo o agronegócio e a agricultura familiar. O superintendente executivo da secretaria, professor José Ricardo de Santana, valorizou a iniciativa e destacou que o Estado busca desenvolver a educação empreendedora para os alunos das escolas públicas profissionalizantes. Além disso, Santana lembrou que a SEED tem o interesse de desenvolver projetos com os parceiros do Inova + Sergipe, nas áreas de iniciação científica e empreendedorismo.
“Nosso desafio agora é começar a fazer ações dessa natureza também no ensino médio e no ensino fundamental. A ideia é que os alunos tenham uma boa formação propedêutica, técnica, e que inclua itinerários complementares, como a parte do mercado de trabalho, seja na empregabilidade deles, seja na iniciativa para o empreendedorismo”, disse Santana.
O coordenador do Inova + Sergipe, Roger Barros, valorizou a chegada da Secretaria de Educação, destacando que a SEED tem um grande trabalho direcionado para a formação da educação técnica, através de suas 15 escolas profissionalizantes no estado. Segundo ele, a educação empreendedora para os alunos das escolas públicas pode formar novos talentos para o cenário de inovação no estado.
“A parceria com a Secretaria de Educação do Estado é importante pois lá está a base do ensino dos empreendedores do futuro. O trabalho de estímulo aos jovens é importante para que tenhamos mais pessoas com capacidade inventiva e de desenvolvimento de ideias, estimulando a pensarem como empreendedores e em como inovar para promover a evolução científica e tecnológica de Sergipe. Isso vai ajudar a criar novos projetos e formar novos empreendedores. Conhecemos ações que poderão ser executadas e aprimoradas em conjunto com o Inova + Sergipe, o que é fundamental para o futuro do estado”, afirmou Roger Barros.