Benefícios sociais são objetivo da Fecomércio para melhorar atendimento de sindicatos


Publicado em : 28/03/2018 | por Marcio Rocha | Agência Comércio | Atualizado em: 28/03/2018


Pensando na ampliação da prestação de serviços para os sindicatos associados, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio), tem estudado alternativas que possam ampliar o leque de ações direcionadas para sindicatos e empresas dos setores atendidos pela entidade. Os serviços são os mais variados e visam promover a melhor qualidade de vida dos trabalhadores e promover mais funcionalidade para os empresários e sindicatos.

A Fecomércio recebeu o representante da empresa Benefício Social, Sílvio César, que apresentou as variantes disponíveis para serem mostradas às empresas e sindicatos, com números comprovando a eficiência do serviço e resultados das transformações positivas que foram realizadas nos empreendimentos que colocaram em prática a aplicação do projeto. Para os sindicatos, foram mostradas as vertentes de benefícios como seguro de vida em grupo, uma versão melhorada do seguro de vida empresarial, proporcionando maior facilidade de adesão para as empresas, separando-as por porte e número de funcionários; benefício qualificação, que visa estimular a ampliação de conhecimento, por meio de estímulo educacional e qualificatório no segmento profissional, com o aprimoramento das potencialidades dos colaboradores das empresas; gestão e cobrança, com o controle de arrecadação das contribuições das entidades, aumentando a arrecadação, mediante a apresentação dos serviços promovidos por cada sindicato, entre outros benefícios que resultam no aumento da integração das empresas com os sindicatos representativos e entre os próprios pares, ampliando o entrosamento empresarial.

A apresentação dos 47 serviços dos benefícios sociais familiares e empresariais atraiu a atenção do presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, que valorizou a iniciativa e entendeu que ações desse tipo aumentam ainda mais a qualidade e o portfólio sindical, o que dá mais robustez às categorias atendidas pelos sindicatos empresariais.

“Os sindicatos existem para promover prestação de serviços dos mais variados para sua base de associados, isso fortalece a representatividade da categoria e dão força para as entidades sindicais.  O sindicato é o porto seguro dos seus componentes, no caso da Fecomércio, dos empresários dos sindicatos filiados à entidade. Promover benefício sociais vai muito além do que se pensa dos sindicatos, e é para isso que queremos ir além. A Fecomércio entende que a vida sindical nesse novo momento se renova e os sindicatos têm que sobreviver por meio de sua qualidade na prestação dos serviços para seus participantes. Para isso, vamos assimilar essa proposta dos benefícios sociais e levá-la aos sindicatos, para que vistam a camisa da ampliação de sua atuação e sejam mais valorizados pelos empresários de cada categoria econômica que representamos. Isso melhora ainda mais as relações entre trabalhadores e empreendedores, pois traz mais justiça social.”, disse Laércio.

Para a obtenção e contratação dos benefícios sociais, os acordos coletivos de trabalho são o passo fundamental. Isso faz com que a valorização das relações de trabalho entre os sindicatos patronais e laborais seja mais destacada, pois os ganhos promovidos com os benefícios sociais são um caminho de múltiplas vias, com o ganho para os sindicatos que dão amplitude aos trabalhos desenvolvidos objetivando o melhoramento do mercado, com mais competitividade; para as empresas, que ganham em produtividade e qualidade do trabalho desenvolvido pelo trabalhador; e pelo empregado que conquista mais benesses dentro de sua condição de trabalho, para também se estender além dos muros da empresa, promovendo mais qualidade para sua vida.

 

image_pdfimage_print
Tags: , , , ,
Autor : Marcio Rocha | Agência Comércio
Categorias : Economia, Notícias, Sindicatos