Comércio sergipano apresenta novo crescimento e projeta elevação 4% de vendas para o natal

As vendas do comércio varejista de outubro foram apresentadas pelo IBGE, apontando mais um mês de crescimento, dessa vez em 7,3% no varejo ampliado, que abrange todas as categorias das atividades comerciais, diante do mesmo período do ano passado. Com isso, as vendas das lojas do comércio apresentam elevação pelo terceiro mês seguido, diante do ano de 2019, dando solidez à atividade comercial, depois do período mais complexo da pandemia, que forçou o fechamento das atividades econômicas no estado.

Os números, analisados pela Assessoria Executiva, foram apresentados ao presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Laércio Oliveira, que manifestou ânimo no que diz respeito às vendas do período final deste ano. Para ele, o crescimento das vendas do natal poderá chegar a 4% diante do ano passado, de acordo com pesquisa realizada pela Fecomércio, o que é um fator importante para o entendimento de recuperação do comércio em 2020. Segundo ele, as vendas deverão aumentar em 4% diante do natal de 2019.

“Estamos com três meses seguidos de vendas muito mais altas que o mesmo período analisado do ano passado. Fatores importantes como a Semana do Brasil em setembro, retomada do funcionamento das lojas, foram preponderantes para isso. Em novembro tivemos a Black Friday, que levou os consumidores às lojas e agora teremos o natal. Acredito que as vendas do comércio possam crescer 4% somente no período natalino e até mesmo 10% em dezembro, de acordo com os estudos de nossa equipe técnica para o mês”, comentou Laércio.

A receita apurada pelas lojas também cresceu consideravelmente na análise de outubro, com aumento de 14,1% diante do ano anterior. Isso mostra a recuperação econômica do comércio sergipano, com um salto diante do que aconteceu na queda das vendas e receita das lojas ao longo do ano. Sergipe ainda está com uma queda de -5,1% na variação anual, conta que poderá fechar na casa de -3%, o que é um resultado importante, diante dos problemas todos que ocorreram, segundo Laércio Oliveira.

“Estamos em um bom momento de recuperação da economia do nosso estado. As vendas estão aumentando e isso é a prova que os comerciantes estão agindo com responsabilidade no que diz respeito ao controle da pandemia nos seus negócios. Os critérios de biossegurança estão sendo rigorosamente respeitados, as lojas estão controlando seu fluxo de pessoas e as altas sucessivas desde agosto mostram isso claramente, que o comércio está fazendo a sua parte. As lojas estão vendendo mais e compensando na balança o período em que ficaram fechadas, mesmo que as empresas encerrem o ano com queda nas vendas acumuladas do ano, foi uma recuperação importante para nosso comércio”, disse Laércio Oliveira.

De acordo com a pesquisa do Sistema Fecomércio, artigos de vestuário, calçados, perfumaria, brinquedos, joias e bijouterias e bebidas como vinhos e espumantes, deverão liderar as vendas das empresas do comércio no final deste ano.

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe

Endereço: Edf. José Raimundo dos Santos - Rua Dom José Thomaz, 235 - 4º Andar - São José, Aracaju - SE, 49015-090

Fecomércio | Sesc | Senac
CNPJ: 13.040.811/0001-68
Política de Privacidade
Copyright © 2021. Todos os Direitos Reservados