Análise da balança comercial de fevereiro

O resultado do cálculo entre as compras e vendas de comércio exterior sergipanas para o mês de fevereiro, a balança comercial, apontou déficit de US$ 10 milhões no segundo mês do ano, conforme dados do Ministério da Economia. Houve uma diminuição tanto no valor exportado quanto no valor importado pelo estado de Sergipe no período, segundo análise do Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento.

Produtos derivados de cana-de-açúcar, suco de maracujá, suco concentrado de laranja, fios e velas de ignição e suco de abacaxi foram os principais produtos exportados pelas empresas do estado no mês de fevereiro. No valor mensal acumulado, as exportações representaram, aproximadamente, US$ 4,16 milhões e os principais compradores dos produtos sergipanos no exterior foram Holanda, Benin, Bélgica, Uruguai e Estados Unidos.

Diferentemente do mês de janeiro, quando o principal produto da pauta importadora do estado foi o gás natural liquefeito (GNL), no mês subsequente os produtos que lideraram as importações sergipanas em valor foram outros cloretos de potássio e o sulfato de amônio, produtos utilizados para composição de fertilizantes para o agronegócio. Adquiridos, respectivamente, em sua totalidade da Rússia e da China. O valor mensal das importações foi de US$ 14,16 milhões e, além da China e da Rússia, os principais países vendedores de produtos ao nosso estado foram Turquia, Índia e Alemanha.

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe

Endereço: Edf. José Raimundo dos Santos - Rua Dom José Thomaz, 235 - 4º Andar - São José, Aracaju - SE, 49015-090

Fecomércio | Sesc | Senac
CNPJ: 13.040.811/0001-68
Política de Privacidade
Copyright © 2021. Todos os Direitos Reservados