Pequenos Negócios Geram 395 mil Empregos no Brasil

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), divulgou um levantamento sobre a geração de empregos formais pelos pequenos negócios no primeiro semestre de 2018.

Os dados mostraram que, no período de janeiro a julho deste ano, os pequenos negócios foram responsáveis pela geração de 395.311 empregos no país. O resultado foi 31% acima do saldo registrado no mesmo período do ano passado, e quase 10 vezes maior que o saldo gerado pelas médias e grandes empresas – 40.785 mil empregos. As pequenas empresas têm trajetória de saldo positivo na geração de empregos de janeiro a julho de 2018.

Considerando os setores de atividade econômica dos pequenos negócios, o destaque na geração de empregos formais cabe ao setor Serviços, que gerou no primeiro semestre 237.517 empregos, seguido por pequenas empresas da Agropecuária, com a criação de 83.911 novos postos de trabalho, e em terceiro lugar estão as micro e pequenas empresas da Construção Civil, gerando 66.214 novas vagas de trabalho no primeiro semestre de 2018. As pequenas empresas da indústria da transformação criaram 50.014 empregos nesse período. As pequenas empresas do Comércio ainda não se recuperaram da crise da economia dos últimos anos, isso se refletiu no fechamento de 48.727 postos de trabalho, de janeiro a julho deste ano. Ver gráfico.

Os pequenos negócios da região Nordeste contribuíram com a geração de 42.219 novos postos de trabalho no primeiro semestre de 2018. As micro e pequenas empresas da Bahia lideraram a geração de novas vagas (15.661) no período de janeiro a julho, seguido pelo Ceará (11.064 novos empregos) e Maranhão (4.117) empregos formais.

image_pdfimage_print