Fecomércio consegue mais incentivos aos empresários em parceria com BNB

O trabalho na busca do fortalecimento econômico e melhoria
das relações entre empresários e instituições financeiras, realizado pela Fecomércio
Sergipe, conquista mais um resultado positivo. Foi celebrado um novo convênio
entre a Fecomércio e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), para ampliar a
captação de recursos do FNE para as empresas do estado. Além da ampliação de prazo
para o crédito das empresas, pleiteado pela federação.

As reuniões entre os representantes da Fecomércio, por meio
da Câmara do Jovem Empresário, Dilermando Júnior, o superintendente da
Fecomércio, Maurício Gonçalves e os representantes do BNB, nas pessoas do
superintendente do banco, Antônio César de Santana e o gerente de desenvolvimento
territorial, João Eudes Oliveira, levaram à modificações na concessão de crédito
que darão mais fôlego para as empresas e facilitarão a contratação de operações
de crédito junto ao banco. As empresas passam agora a poder receber do FNE
recursos de até 100% do valor contratado, com a utilização de recebíveis como garantia
de contratação dos serviços. Além disso, o prazo de pagamento do crédito foi ampliado
de 18 para 36 meses, com três meses de carência para iniciar o pagamento das
parcelas dos valores contratados para capital de giro das empresas.

O coordenador da Câmara do Jovem Empresários da Fecomércio,
Dilermando Júnior, comemorou a conquista para as empresas e destacou que o
ambiente de negócios ficará melhor com essa oportunidade promovida pelo BNB.

“Recebemos essa notícia do Banco do Nordeste com muita
alegria, pois isso incentiva ao jovem empresário a investir no seu negócio. Os
pleitos atendidos pelo banco já são um grande passo para as empresas. A
utilização dos recebíveis como garantia de crédito para as empresas é uma
importante ferramenta para que os empresários possam investir mais em suas
empresas. A ampliação do prazo também é uma melhora significativa para que os
empresários possam ter melhores condições de contratação das linhas de crédito.
As taxas estão entre as melhores do mercado e aliadas as essas novidades, vão
ajudar muito no quesito de investimentos nas empresas do mercado sergipano”,
disse Dilermando Júnior.

Maurício Gonçalves lembrou que o papel da Fecomércio é
trabalhar para que as empresas tenham melhores condições de operação e que sua
meta é conquistar um melhor ambiente para os negócios de modo que as empresas
continuem crescendo, para acelerar a economia do estado.

“Essa nova conquista da Fecomércio junto ao BNB vai fazer
com que os empresários possam ter mais oportunidades de captação de recursos
para seus empreendimentos. Os pedidos da Câmara do Jovem Empresário foram atendidos
e surtirão efeito imediato, pois mais empresas terão acesso às linhas de
crédito do FNE, com um maior prazo para pagamento. O presidente Laércio
Oliveira, sempre tem pensado em como promover melhorias para o funcionamento
das empresas e isso também é uma conquista desse trabalho dedicado em favor do
melhor ambiente de negócios. Os empresários estão no melhor momento de
confiança dos últimos cinco anos, segundo nossos indicadores, e isso anima mais
as empresas a investirem mais no seu crescimento”, afirmou Maurício.