Assembleia Legislativa realiza sessão solene em homenagem aos 70 anos do Sesc

Em seguimento às ações comemorativas pelos 70 anos de fundação do Serviço Social do Comércio (Sesc), foi realizada na manhã desta terça-feira (13), uma Sessão Solene no plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese). A solenidade foi prestigiada por deputados, diretores do Sesc, Senac, representantes da sociedade, imprensa e diretores da Fecomércio.

A sessão, requerida pelo deputado Georgeo Passos, foi marcada pela homenagem ao Sesc feita pelo presidente da Casa Legislativa, deputado Garibalde Mendonça (PMDB), que entregou uma placa comemorativa, parabenizando a instituição pelo seu aniversário de 70 anos, com serviços relevantes prestados à sociedade. O deputado Gilson Andrade (PTC) destacou a importância social do Sesc, em pronunciamento na tribuna do plenário.

“Para mim, é uma grande satisfação representar o deputado Georgeo Passos, que está afastado. Fui incumbido para que eu pudesse falar na tribuna da Assembleia Legislativa sobre os 70 anos do Sesc, o braço social do Sistema Fecomércio. Uma entidade que presta serviços nas áreas da Saúde, da Educação, da Cultura Assistência e Lazer. O Sesc tem unidade móvel de odontologia que atua em comunidades carentes que certamente teriam dificuldade imensa de ter acesso a um tratamento dentário especializado, além do Sesc Saúde Mulher, que é uma revolução para o ganho da qualidade de vida das mulheres sergipanas. No ano passado foram mais de 60 mil famílias atendidas pelo Sesc, com mais de 920 mil quilos de alimentos distribuídos. Não é fácil sobreviver diante das turbulências, das crises financeiras e econômicas e o Sesc se mantém ativo, prestando um relevante serviço não só aos comerciários, mas também aos seus familiares e comunidade em geral. Esse é o resultado do trabalho do Sesc, presidido pelo deputado Laércio Oliveira, atualmente”, disse Gilson, valorizando os trabalhos realizados pela instituição em Sergipe.

O vice-presidente do Sistema Fecomércio de Sergipe, Hugo Lima França, manifestou seu contentamento em poder comemorar os 70 anos do Sesc, lembrando que a entidade é um instrumento transformador de vidas por onde passa. Hugo representou o presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, na solenidade.

“Uma instituição completar 70 anos trabalhando em prol da classe comerciária, levando serviços de excelência é motivo de muita comemoração. Estou muito feliz no dia de hoje, por Deus estar me dando à oportunidade de participar desse momento. O Sesc é um mecanismo social que traz o desenvolvimento e a cidadania por onde passa. Jamais me esquecerei de um momento em que uma senhora de Indiaroba, que aprendeu a ler, depois que o Sesc chegou à cidade, disse que se tornou uma cidadã de verdade, graças ao trabalho de combate ao analfabetismo realizado por meio do Sesc Ler”, destacou Hugo França.

O Sesc foi criado em 13 de setembro de 1946 como uma instituição destinada a promover uma vida mais digna aos trabalhadores do comércio e seus dependentes. A filosofia da entidade visa à promoção de ações que pudessem melhorar a qualidade de vida dos empregados do comércio e facilitar os meios para seu aperfeiçoamento cultural e profissional. O trabalho do Sesc se expandiu em Sergipe a ponto de ter dois conjuntos habitacionais construídos com recursos próprios, os conjuntos José Ramos de Moraes e Jessé Pinto Freire, no bairro Ponto Novo em Aracaju. As ações do Sesc se desenvolvem nas áreas de cultura, saúde, esporte, lazer, assistência social, inclusão alimentar, por meio do programa Mesa Brasil, e educacional, com mais de 2.200 alunos atendidos nas unidades da Escola Sesc.

A Sessão Solene em homenagem aos 70 anos contou com a participação da Camerata do Sesc, composta por 50 alunos da escola de música que formam uma orquestra de violinos, além do Coral Nova Vida, uma das ações desenvolvidas pelo trabalho social com idosos, composto por 100 vozes.

Sessão Solene - Alese - Sesc 70 Anos