Representante da Fecomércio realiza visita técnica a ‘Magia do Natal de Garanhuns’

Coordenadores de projetos trocaram ideias sobre decoração.

Prefeitura de Garanhuns controlou acesso a áreas decoradas

O espírito natalino provoca reflexões e renova a esperança de dias melhores, mas por causa da pandemia, algumas atividades do tradicional ‘Natal Iluminado’ de Aracaju precisaram ser adaptadas. Buscando inspiração para a nova realidade, o coordenador do projeto encabeçado pelo Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Alex Garcez, realizou uma visita técnica no município de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, onde há tradição em despertar a magia desse período de renovação.

Alex Garcez, que também é diretor da Fecomércio, falou sobre a visita.  “O projeto deles é realizado pela prefeitura, envolvendo as secretarias de limpeza e obras, turismo e cultura. O material é todo deles, confeccionado em parceria com a associação de artesãos. O trabalho também envolve eletricista, ferreiro, marceneiro e costureira, que vão criando e adaptando as peças a cada edição e fazendo acontecer a Magia do Natal de Garanhuns”, explicou Garcez.

Alex Garcez e Neile Barros trocaram ideias sobre a decoração natalina

Em 2020, a decoração do Natal Iluminado foi instalada na Rotatória das Palmeiras e nas ruas do Centro Comercial da capital sergipana, de forma suspensa ou em áreas que não permitem a aglomeração de pessoas.

“O que achei mais diferente foi que em Garanhuns o setor público toma à frente do projeto decorativo e a classe empresarial concede apoios. Diferente de Aracaju, onde o Sistema Fecomércio, com as entidades empresariais, executa o projeto do Natal Iluminado”, pontuou. 

Em Garanhuns, trenzinho levou crianças para passeio em pontos decorados

Envolvimento

A coordenadora do projeto ‘Magia do Natal de Garanhuns’, e secretária municipal de Turismo, Neile Barros, contou que a cidade vive o planejamento, produção, execução e montagem da decoração. “Não poderíamos ficar sem a magia do Natal por compensação emocional da própria população e dos turistas, por tudo o que estamos vivendo. É uma injeção na economia do município, no trade turístico e no comércio. Além disso, focamos na valorização do artista local”, destacou.

O coordenador do Natal Iluminado voltou com ideias para as próximas edições, inclusive dos cuidados para possível retomada de decoração em praça como fez a equipe de Garanhuns.

Visita técnica servirá como inspiração para o próximo Natal Iluminado em Aracaju

“Me chamou atenção como as pessoas de lá se envolvem porque atrai o turismo, gera economia, movimenta hotéis e pontos turísticos. As artesãs que participam da decoração podem comercializar seus produtos nas praças. Foi muito bacana conhecer esse projeto no sertão do Nordeste. Essas visitas só têm a engrandecer e melhorar toda a nossa parte técnica para buscarmos algo diferente para trazer para Sergipe”, avaliou Garcez.

Medidas de segurança

No interior pernambucano, os desfiles foram substituídos pelo trenzinho que leva as crianças para visitarem os locais decorados. Duas praças foram ornamentadas com elementos coloridos que podem ser visualizados de dia e a noite são iluminados. “Em cada portal de acesso das praças um profissional de saúde estava todo paramentado com EPIs, utilizando um termômetro para verificar se algum visitante estava com febre, além de oferecer álcool em gel para higienização das mãos”, disse Garcez.

Cidade se envolve na produção da Magia do Natal de Garanhuns

A secretária municipal de Turismo destacou ainda a importância do apoio e conscientização dos gestores e funcionários de bares, restaurantes, hotéis no cumprimento das medidas de segurança.

“Pensamos em tudo com responsabilidade, respeitando as orientações da Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária, Secretaria de Saúde, entre outros órgãos. Porque não é só deixar tudo lindo, é realmente trazer essa segurança para quem vem conhecer Garanhuns e, também, para a população local. Reforçamos as orientações para o uso de máscara, disponibilizamos totens de álcool a 70% em avenidas e praças, fizemos a higienização dos espaços públicos e adaptamos a nossa programação”, listou Neile Barros.