Mercado de autopeças ganha fortalecimento da Fecomércio

Mais uma Câmara Empresarial do Comércio foi instalada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio-SE). Dessa vez, o setor contemplado com o planejamento de ações para fortalecimento empresarial foi o de peças e acessórios para veículos, que contou com uma grande participação de empresários do ramo, na reunião de apresentação trabalho a ser desenvolvido pela Fecomércio.

Com o objetivo de estimular a união empresarial para fortalecer o setor, os empresários entenderam que existem objetivos comuns entre si e que irão beneficiar o mercado de peças para veículos em Sergipe. Segundo o presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, a Câmara Empresarial de Peças e Acessórios para Veículos é um instrumento importante para que se garanta o desenvolvimento do mercado sergipano na área.

“A Fecomércio convocou os empresários para poder ajudar, com sua intervenção a dar mais dinamismo e musculatura para o comércio de autopeças em Sergipe. Nossa missão é fazer adensar o comércio local em todos os segmentos. Para tanto, precisamos estimular a unidade entre os empresários, pois isso vai promover a integração empresarial com o consumidor em uma cadeia produtiva de crescimento para todos. Empresários, trabalhadores e consumidores”, disse o presidente.

O empresário Carlos Augusto foi escolhido pelos participantes como o coordenador da Câmara Empresarial e estará encabeçando o movimento junto à federação, por meio do coordenador das Câmaras Empresariais, Gildo Antônio. Carlos destacou a importância da ação da Fecomércio como organismo de classe defensor da unidade entre os empresários.

“A ajuda da Fecomércio é importante, pois nós temos que fortalecer o nosso setor em Sergipe e a Câmara vai facilitar a compreensão de nossas demandas e objetivos a serem seguidos por todos os empresários. A Fecomércio nos trouxe para um grande nível de união entre os empresários”, destacou.


Para a comerciante Edjane Farias, a garantia de representatividade da categoria é o ponto fundamental defendido pela Fecomércio que mais atrai aos empresários. “Nosso anseio era que tivéssemos representatividade no mercado. Com a ajuda da Fecomércio, vamos conseguir o nosso objetivo e fazer crescer o nosso negócio”, comentou.

Defender os interesses dos empresários é o foco da Fecomércio Sergipe. De acordo com Laércio Oliveira, o mercado será estudado e as ações desenvolvimentistas para o setor de materiais automotivos serão tomadas para dar sustentação e segurança para o ramo comercial.

“A Fecomércio é a casa do empresário de Sergipe. Temos a intenção de identificar as demandas e atender os pleitos dos empresários do setor de autopeças. E todas as vezes que o empresário precisar da entidade, nós estaremos aqui para compreender, atender e defender os interesses empresariais. Com isso, toda a cadeia produtiva do comércio de peças para veículos seguirá crescendo”, afirmou o presidente.

Por Márcio Rocha
image_pdfimage_print