Comércio e Serviços lideram volume de emprego no mercado sergipano

Disparadamente, o setor terciário com a participação maciça dos segmentos de Serviços e Comércio, lideram o volume de geração de vagas de trabalho no mercado sergipano, perfazendo 85.75% do total de empregos existentes no estado de Sergipe.

Segundo informações da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Sergipe (Fecomércio), os setores que movimentaram o crescimento de 3,3% no volume de negócios envolvendo os setores no estado de Sergipe em fevereiro de 2015, com a receita nominal de 5,3% majorada no mês de fevereiro, em relação a janeiro deste ano, seguem no embalo do crescimento no volume de novos empregos formais criados no ano de 2014, que colocou quase 9 mil pessoas no mercado de trabalho.

De acordo com dados do Ministério do Trabalho e Emprego do ano de 2014, o setor de Serviços mantém sua liderança com o volume de 57,9% do total de vagas de trabalho no mercado sergipano, com a criação de surpreendentes 5.161 postos de trabalho com grande força do setor de Terceirização, líder no meio de Serviços, seguido pelo setor de Comércio, com 2.483 novos trabalhadores formais, ocupando 27,85% dos empregados cadastrados no estado. Em seguida, aparecem o setor da Construção Civil que criou em seus 2,77% de crescimento, 247 novas oportunidades de trabalho, completando a lista com os outros setores da economia, que somaram 878 empregos formais criados, em 9,85% de crescimento.

A contramão reside na indústria, que retroagiu em 2014, com o somatório de 144 baixas no mercado, perfazendo – 1,66% do total de empregos no estado de Sergipe.

 por Marcio Rocha - vídeo/foto : Alex França