Câmara Empresarial de Tecnologia da Informação é implantada em Sergipe

image_pdfimage_print

Seguindo no ritmo de integração com os empresários dos setores de Comércio, Serviços e Turismo, a Fecomércio Sergipe deu mais um passo rumo à plenitude do desenvolvimento do setor terciário em Sergipe. Para tanto, foi criada nesta semana, a Câmara Empresarial de Tecnologia da Informação (TI), com o objetivo de dar mais difusão ao mercado tecnológico sergipano.

A Câmara foi instalada após reunião dos empresários de TI na sede da Fecomércio, quando o empresário Roger Barros foi escolhido pelo colegiado de empresários do setor, como o coordenador da agremiação empresarial. Roger terá a tarefa de conduzir os trabalhos da Câmara junto com o responsável pelas Câmaras Empresariais da Fecomércio, Gildo Antonio.

Para o presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, a Câmara Empresarial de Tecnologia da Informação surge como um organismo importante para a defesa dos interesses e luta em favor das causas direcionadas do setor em Sergipe. Laércio destacou que o crescimento do setor de TI no estado é vistoso e que os empresários unidos em favor de sua causa tem possibilidade de trabalhar com muito mais qualidade e fortalecendo o desenvolvimento da área em Sergipe.

“O setor e TI faz parte de um mercado que tem sua posição de vanguarda em Sergipe. A área de tecnologia é um ramo importante para o desenvolvimento de todas as outras atividades do setor produtivo no estado e no país. Temos mentes brilhantes que compõem o mundo da TI no estado, exportando nossos serviços para todo o Brasil e além fronteiras. Então, buscar o fortalecimento do setor é importante. Para isso, os empresários devem trabalhar com unidade para que o mercado também reconheça cada vez mais a tecnologia desenvolvida em Sergipe. Fico muito feliz com a instalação dessa nova Câmara Empresarial”, disse Laércio.

camaradeti

O trabalho da Câmara de TI será promover ainda mais a inserção das empresas nos segmentos governamental, industrial, setor terciário e prestadores de serviços, visto que o trabalho da Tecnologia da Informação é importante em várias áreas do setor produtivo, como construção, gastronomia, saúde, têxtil, comunicação, entre vários outros. A Câmara vem para buscar ainda mais a conscientização dos empresários sergipanos, na busca de parcerias institucionais, fomentando o uso de ferramentas e processos que aumentem a produtividade das empresas do mercado sergipano.

image_pdfimage_print