Câmara de Turismo discute ações para promoção do Destino Sergipe

Foi realizada a primeira reunião da Câmara Empresarial de Turismo do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, deste ano. A reunião contou com a participação de vários representantes das atividades da cadeia produtiva do turismo, que discutiram ações que serão realizadas neste ano para promover Sergipe como destino turístico em nível nacional.

Fizemos um convênio importante entre a Secretaria de Turismo, ABIH e a operadora CVC, maior operadora de turismo da América Latina, diz Sales Neto

O presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Laércio Oliveira, valorizou a reunião, ressaltando que os agentes participativos unindo forças, fazem com que o turismo seja alavancado no estado. Laércio achou as propostas apresentadas, positivas para o turismo, afirmando que além de ajudar a definir os destinos do turismo sergipano, o sistema está à disposição para promover a qualificação adequada dos profissionais da área, atendendo as demandas do mercado.

“O Sistema Fecomércio/Sesc/Senac tem sempre participado da tomada de decisões do turismo do estado, dedicando sua atenção ao tema com a Câmara Empresarial do Turismo. A reunião de hoje foi importante para definirmos as ações que serão realizadas e também foi muito bom ouvir as demandas dos agentes protagonistas do turismo. Assim podemos colocar nossa estrutura de formação profissional para preparar melhor os trabalhadores do segmento, por meio do Senac. Ouvir os agentes do turismo é fundamental para que sigamos o caminho correto para o crescimento da atividade. Fazer essa união de forças é fundamental para alavancar nosso turismo”, disse Laércio Oliveira.

Laércio achou as propostas apresentadas, positivas para o turismo, afirmando que além de ajudar a definir os destinos do turismo sergipano

“Fizemos um convênio importante entre a Secretaria de Turismo, ABIH e a operadora CVC, maior operadora de turismo da América Latina, para projetar Sergipe ainda mais no cenário nacional. Sergipe é o décimo primeiro destino mais procurado na CVC e queremos elevar nossa posição, para chegar aos cinco mais buscados. Esse convênio vai colocar Sergipe nas prateleiras das milhares de lojas, próprias e multimarcas, que vendem os produtos da CVC, além dos multicanais de vendas e de mídia digital da empresa que são muito fortes. Sergipe é um destino fantástico e precisa de investimentos em promoção e é isso que estamos fazendo sob a orientação do governador Belivaldo Chagas”, enfatizou o secretário de Estado de Turismo, Sales Neto.

O coordenador da Câmara Empresarial de Turismo e presidente da ABIH, Antônio Carlos Franco Sobrinho, destacou a necessidade de manutenção do feriado do carnaval como uma data importante para a hotelaria e empreendimentos turísticos, para elevação do fluxo de turistas em Sergipe.

“Temos uma ação importante em andamento com a CVC, que tem mais de um milhão de reais em investimentos da Prefeitura de Aracaju, Governo do Estado e ABIH, em parceria com a CVC. E com isso esperamos os melhores resultados para a hotelaria e serviços de turismo sergipanos. Entretanto, para isso é importante que o feriado do carnaval seja mantido, pois é um período em que temos uma grande ocupação hoteleira e movimentação nos empreendimentos do turismo, com os turistas que chegam a Sergipe. Enviaremos um ofício ao governador, pedindo que não suspenda o feriado do carnaval, pois ele é importante para o estado”, citou Antonio Carlos.

Félix Lee Fei, empresário do segmento de carcinicultura, vice-coordenador da Câmara Empresarial de Pesca e Aquicultura do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, apresentou o projeto do Carnaval do Camarão, que será desenvolvido em fevereiro com a Abrasel, com o apoio do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac. O Carnaval do Camarão pretende estimular o consumo e criação de pratos, valorizando o crustáceo, produzido em grande escala em Sergipe, para atrair turistas para o estado, promovendo a inclusão de Sergipe como roteiro gastronômico em nível nacional.

Félix apresentou o projeto Carnaval do Camarão que pretende estimular o consumo e criação de pratos, valorizando o crustáceo

“Apenas 10% do camarão que produzimos é consumido aqui e isso pode aumentar dentro do nosso próprio mercado. Nos juntamos com a Abrasel e desenvolvemos a ideia do “Carnaval do Camarão”. Com isso, poderemos elevar o consumo nos empreendimentos de turismo de alimentação, como bares e restaurantes, colocando Sergipe no roteiro de turismo gastronômico do Brasil. Além disso, faremos um concurso para escolher o melhor prato, que vários chefs de cozinha já se interessaram em participar”, afirmou Félix.

Estiveram presentes na reunião representantes da Associação Brasileira de Agência de Viagens (Abav/SE), Sérgio Lima Oliveira; Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape/SE), Fabiano Oliveira; Sindicato dos Guias de Turismo de Sergipe (Singtur/SE), Irma Karla; Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet/SE), Chico Freire; Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/SE), Bruno Dórea; Sergipe Destination, Daniela Mesquita; Adema, Gilvan Dias; Sindicato das Empresas de Turismo no Estado de Sergipe (Sindetur/SE), José Alberto Balbino Almeida; Sebrae, Paulo do Eirado; É de Sergipe, Lincolin Amazonas; o professor e empresário José Wilson dos Santos; e Universidade Federal de Sergipe (UFS), Joab Almeida.